Fale Conosco
  • phone
    (21) 3591-3415 \ (21) 2186-6981
  • location_on

    Av. Vicente de Carvalho, 909 - sala 717 Vila da Penha - RJ

Deixe sua Mensagem

    Quais os benefícios sociais provindos do Terceiro Setor?

    Terceiro Setor - Quais os benefícios sociais provindos do Terceiro Setor?

    Entenda mais sobre o Terceiro Setor e quais são os benefícios sociais do campo

    O que é necessário para uma sociedade mais justa? Quem deveria defender as causas sociais? Essas e outras questões circulam no pensamento popular. E se existisse uma área responsável por cuidar de demandas específicas da população? Pois existe!  

    Para entender melhor sobre o Terceiro Setor, é necessário saber sobre o que vem antes dele. 

    O Primeiro Setor é o que se refere ao Estado, incluindo entidades oficiais e políticas. O Segundo Setor é o da esfera privada, o qual visa o lucro com sua própria organização e leis de mercado. 

    O Terceiro Setor é organizado pela sociedade civil, e lida diretamente com questões públicas e sociais. Agora, chegou a hora de entender melhor sobre ele e os benefícios sociais que gera para a população.

    Características do Terceiro Setor

    O Terceiro Setor é amplo na sua atuação e benefícios sociais para a população. Ele passa a existir a partir da falta de ações da esfera pública para resolver problemas sociais, para isso é melhor organizado por:

    Fundações

    Geralmente são financiadas por empresas particulares. São instituições com a responsabilidade de arrecadar e financiar fundos para o Terceiro Setor. Costumam ser criadas por bancos e grandes empresas que investem no seu perfil social.

    Entidades Beneficentes

    Atuam em ações filantrópicas de diversos campos. Com ações, reparam problemas sociais, como fome, pobreza, situações de emergência – no período de chuvas, por exemplo, quando um grande acidente ou algum fato inesperado ocorre.

    Fundos Comunitários

    Contribuem com a distribuição de recursos de doações para uma ou mais entidades sociais, com o objetivo de solucionar um problema.

    Entidades sem fins lucrativos

    Empresas que vivem de doações ou de renda própria que é revertida em ações sociais. 

    ONGs

    As Organizações Não Governamentais, popularmente conhecidas como ONGs, buscam reivindicar direitos e defender opiniões. Trabalham, principalmente, em cima de questões pouco exploradas pelo governo.

    Benefícios sociais do Terceiro Setor

    A falta de ações da esfera privada colabora para o crescimento do Terceiro Setor. A cada dia é maior a mobilização de pessoas em torno de um objetivo comum para reparar problemas sociais.

    Projetos de leis, como a criminalização da homofobia e do feminicídio são criados para defender minorias que lideram os índices de mortes no Brasil e no mundo. A proteção e garantia dos direitos de grupos raciais e de gênero são essenciais para o desenvolvimento de qualquer sociedade.

    Os benefícios sociais gerados por ações do Terceiro Setor implicam de forma positiva direta e indiretamente na vida de muitas pessoas.

    Instituições, ONGs e entidades trabalham para a melhora na vida de pessoas desamparadas, podendo atuar no levantamento de fundos em situações de emergências em que o Estado pouco faz e discutindo pautas que levam as pessoas a pensar “fora do seu quadrado”, olhando com empatia para o outro.

    Dessa forma, o Terceiro Setor atua com firmeza para garantir o bem comum.

    Sabe de outros benefícios sociais que o Terceiro Setor desenvolve? Comente abaixo! 

    Fonte: Gestão Terceiro Setor

    Compartilhe nas redes!

    Marcadores:

    Recomendado só para você!
    Uma inspeção da vigilância sanitária pode acabar com o seu…
    Open chat