Fale Conosco
  • phone
    (21) 3591-3415 \ (21) 2186-6981
  • location_on

    Av. Vicente de Carvalho, 909 - sala 717 Vila da Penha - RJ

Deixe sua Mensagem

    Regimento interno – Qual a importância para ONGs?

    regimento-interno-qual-a-importancia-para-ongs - Regimento interno – Qual a importância para ONGs?

    Você precisa de um Regimento Interno para sua ONG!

    Entenda porque é tão importante ter um regime interno em sua organização

    Independente de qual o foco da sua ONG, sabemos que você tem um objetivo social com o qual é comprometido, e é isso que motiva sua ONG a funcionar todos os dias. 

    Contudo, apesar de isso ser essencial, para que seu objetivo de sanar defasagens seja cumprido, é preciso se atentar à aspectos mais burocráticos, mas de extrema importância. 

    E uma das premissas para que você consiga ajudar cada vez mais pessoas é tendo uma ONG consolidada, desde a teoria. 

    Por isso, hoje vamos falar sobre regimento interno e qual a importância para sua ONG. 

    O que é o regimento interno? 

    O regimento interno consiste em um documento parecido com o contrato social, contudo, como o próprio nome indica, voltado para a parte interna da ONG. 

    Ou seja, isso significa que o regimento interno vai ser o documento onde irá constar todas as informações vitais sobre a organização, desde pessoas responsáveis, atividade realizada, funções de cada um, doadores fixos e afins. 

    Tudo isso é fundamental para garantir a regularidade da ONG e o pleno funcionamento da mesma. 

    Por que é importante? 

    Além do que mencionamos anteriormente, um regimento interno será o maior direcionador de todos os aspectos internos da ONG. 

    Assim, tudo fica bem delimitado e a gestão se torna mais eficiente e assertiva. 

    Consequentemente, isso viabiliza uma ONG mais organizada, que gera mais resultados e que transmite mais confiança e credibilidade para captar doadores e realizar parcerias. 

    Como todo documento, a finalidade de maior importância está no registro formal de informações importantes, afinal, o trabalho de uma ONG é sério e precisa ser tratado como tal, com tudo muito bem oficializado. 

    Assim, a sua entidade do terceiro setor funciona de forma realmente planejada e segura, o que é transmitido para todos que pensam e colaboram com o funcionamento dela.

    Como elaborar um regimento interno? 

    A elaboração do regimento interno deve conter alguns aspectos, como:

    • Explicitar as atividades realizadas; 
    • Responsáveis por cada coisa; 
    • Regras e demais aspectos pertinentes ao funcionamento interno da ONG.

    Com esses pontos, é possível montar o regimento interno com cláusula, descrições e todos os detalhes que forem pertinentes ao negócio. 

    Ter suporte de especialistas para fazer isso pode ser algo a se pensar, pois garante maior coerência. 

    Sendo assim, é importante ter um o quanto antes em sua ONG. 

    Conte com quem pode te ajudar! 

    Apesar de ser um aspecto muito fundamental, você sabe bem que gerir uma ONG é algo desafiador e repleto de aspectos para lidar. 

    E para isso, ter o suporte de que é especialista em terceiro setor é simplesmente essencial. 

    Com isso, você tem a tranquilidade necessária para focar em seu objetivo, com a certeza de que todo o restante estará nas mãos de quem vai cuidar de forma impecável.

    E você pode contar conosco para isso! 

    E então, gostou do conteúdo? Deixe seu comentário e compartilhe.

    Fonte: Gestão Terceiro Setor

    Compartilhe nas redes!

    0 0 vote
    Article Rating

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

      Comentários

      Subscribe
      Notify of
      guest
      0 Comentários
      Inline Feedbacks
      View all comments
      Recomendado só para você!
      Empresas que desistem de contratar após exame admissional podem ter…